*Por Lucas Montedonio

Na contramão da economia e dando vazão à atual produção artística do Brasil, 2016 já começa com burburinho. Além de celebrar um ano cuja meta se baseia na valorização do artista, a Luis Maluf Art Gallery inaugura na próxima quinta-feira (14/1) às 19h, em São Paulo, a primeira exposição desta virada. A coletiva “Entre Nós” tem proposta direta e bem definida: “O lugar da pluralidade é ocupado através do entrelaçamento e busca no multi, o uno. Sugere a experimentação, as convergências e disparidades no todo, as relações, correlações e inter-relações nos trabalhos apresentados. Garimpar no ‘nós’ aquilo que de verdade existe em cada ‘eu’ e a busca pelo diálogo na coletividade”, segundo sua curadoria.

O intuito é fomentar artistas brasileiros, nomes representados pela galeria com reconhecimento internacional. Compõem o time: Alexandre Orion, André Brunharo, Cranio, Edu Cardoso, Flávio Rossi, Francisco Rosa, Jú Violeta, Lucas Iatauro, Natalie Gazediel, Pedro Pezte, Revolue, Sipros, Vermelho Steam e Vinicius Parisi. Com esta turma, o sucesso só pode ser garantido. Abaixo, ÁS mostra cinco obras de alguns desses criadores. Confira abaixo as imagens (Fotos: Divulgação):

Cranio

Cranio

Edu Cardoso

Edu Cardoso

Revolue

Revolue

André Brunharo

André Brunharo

Flávio Ross

Flávio Rossi

Sobre a Luis Maluf Art Gallery: localizada no bairro dos Jardins, São Paulo, a Luis Maluf Art Gallery valoriza a democratização e incentiva a arte contemporânea, além de promover workshops, consultorias e debates acerca do tema, que normalmente são mediados por seu diretor criativo, Francisco Rosa. E realiza a cada mês, um novo vernissage, afim de propiciar discussões e debates em torno da proposta apresentada nas exposições de cada artista.

Serviço:

Exposição Entre Nós”

Local: Luis Maluf Art Gallery – Rua Peixoto Gomide, 1887 – Jardins – São Paulo

De 14 de janeiro a 14 de fevereiro

Tel.: (11) 2367-3437  / Horário: Terça a Sábado, das 11hs às 20hs. Wi-fi: Sim

Site: www.luismaluf.com / Instagram: @luis_maluf / Facebook: luismalufgaleria

* Nascido na cidade imperial de Petrópolis, o pianista amador ganhou o mundo ainda adolescente quando fez intercâmbio nos Estados Unidos. Nessa época sua terceira visão despertou e o moço se entregou ao budismo tibetano. Pura estratégia para dominar a vaidade interior. Estudou comissaria de bordo, mas preferiu o jornalismo e, hoje, entre retiros espirituais com rinpoches, encontros com lamas e entrevistas espevitadas, o sagitariano usa sua vocação para o tietismo como contraponto à eterna busca do santo nirvana.  

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.