Na plateia, a receita do bolo era mais ou menos essa: 85% de mulheres fãs xíitas, 10% de gays (muitos em casal) e uns 5% de homens héteros, entre simpatizantes do grupo ou acompanhantes do mulherio. Essa era a composição básica do público que lotou a Praça da Apoteose, no Rio, nesta noite de domingo (20/3) para conferir o show dos rapazes do Maroon 5, em solo brazuca com a turnê do álbum V“, lançado em 2014 e que traz sucessos comoMaps“, “AnimaleSugar“. O grupo de Adam Levine não tocava no Brasil desde 2012, quando veio com Overexposed“, e sacudiu o Rio após ter causado em São Paulo com duas apresentações na semana passada, na quinta-feira (17/3) e neste sábado (20/3) no Allianz Parque.

MAROON5FotViniciusP_Z7O1816 21 mar 2016 Rio final

Maroon 5 na Apoteose, no Rio: espetáculo da turnê “V” sacudiu a Praça da Apoteose (Foto: Vinícius Pereira)

Coube aos rapazes do Dashboard Confessional a abertura do show e os meninos mandaram bem direitinho, com seu repertório emo da década passada, com direito a Vindicated e Hands Down. Liderados pelo guitarrista e compositor bonitinho Chris Carrabba, os garotos da Flórida deram conta do recado.

DashboardConfessionalFotViniciusP_Z7O1661(1) 21 mar 2016 Rio final

Com cabelos engomadinhos, tatuagens e pinta de galã de seriado da Sony, o guitarrista Chris Carrabba fez caras e bocas no show do Dashboard Confessional, que abriu a noite do Maroon 5 (Foto: Vinícius Pereira)

DashboardConfessionalFotViniciusP_Z7O1629(1) 21 mar 2016 Rio final

Com cabelos engomadinhos, tatuagens e pinta de galã de seriado da Sony, o guitarrista Chris Carrabba fez caras e bocas no show do Dashboard Confessional, que abriu a noite do Maroon 5 no Rio (Foto: Vinícius Pereira)

DashboardConfessionalFotViniciusP_Z7O1572 21 mar 2016 Rio final

Com cabelos engomadinhos, tatuagens e pinta de galã de seriado da Sony, o guitarrista Chris Carrabba fez caras e bocas no show do Dashboard Confessional, que abriu a noite do Maroon 5 (Foto: Vinícius Pereira)

DashboardConfessionalFotViniciusP_Z7O1603 21 mar 2016 Rio final

Enquanto isso, o baixista cabeludão Scott Schonebeck mandava ver na apresentação do Dashboard Confessional, que abriu a noite do Maroon 5, na turnê “V” (Foto: Vinícius Pereira)

Depois desse esquenta, o Maroon 5 subiu ao palco e mandou na lata um espetáculo de cerca de uma hora e meia de duração, composto essencialmente por hits como One More Night“, “Stereo Hearts“, “Love Somebody“, “This Love“, “Payphone“, “She Will Be Loved” e “Moves Like Jagger“. O público reagiu bem à presença da banda em cena e Levine, com os cabelos atualmente ‘blond ambition’, chamava quase tanta atenção quanto Jared Leto com suas madeixas verde papagaio atuais no set de filmagem do Esquadrão Suicida“, no qual interpreta o Coringa do Batman. Vaidade perde.

MAROON5FotViniciusP_Z7O1902 21 mar 2016 Rio final

Entre tattoos e sacolejos: um platinadíssimo Adam Levine mostrou a que veio no palco carioca do show “V”, com direto a muita pinta na noite deste domingo (Foto: Vinícius Pereira)

MAROON5FotViniciusP_Z7O1806 21 mar 2016 Rio final

Entre tattoos e sacolejos: um platinadíssimo Adam Levine mostrou a que veio no palco carioca do show “V”, com direto a muita pinta na noite deste domingo (Foto: Vinícius Pereira)

MAROON5FotViniciusP_Z7O1812 21 mar 2016 Rio final

Entre tattoos e sacolejos: um platinadíssimo Adam Levine mostrou a que veio no palco carioca do show “V”, com direto a muita pinta na noite deste domingo (Foto: Vinícius Pereira)

MAROON5FotViniciusP_Z7O1882 21 mar 2016 Rio final

Entre tattoos e sacolejos: um platinadíssimo Adam Levine mostrou a que veio no palco carioca do show “V”, com direto a muita pinta na noite deste domingo (Foto: Vinícius Pereira)

O vocalista do Maroon 5 tem mesmo essa característica: sabe causar por onde passa, seja nas apresentações do Grammy (o grupo tem três estatuetas), nos espetáculos ao vivo, nos clipes ou mesmo em participações na TV, como a parte masculina de um lunático do casal de amantes trancafiados no sanatório que ambienta a segunda temporada de American Horro Story“.

Bom, Adam Levine costuma ser sempre bem afetado, no limiar do histrionismo gay. Dessa vez, neste show da Apoteose, a coisa não foi diferente, com direito a reboladas homéricas de deixar George Michael com inveja. Mas quem disse que a mulherada se importa? Ela continua fingindo que não vê aquilo que está sob seu nariz e parece não ligar para a tal dose de bichice que poderia credenciar o cantor a frequentar o palco do Scissor Sisters.

MAROON5FotViniciusP_Z7O1676(1) 21 mar 2016 Rio final

Desejo de mulher: com cartazes com frases como “Adam, por favor, deixe cantar ‘She will be loved’ no palco com você”, fãs desesperadas à beira de um ataque de nervos lotaram a Praça da Apoteose, no Rio de Janeiro para conferir de pertinho o mais recente show do Maroon 5 (Foto: Vinícius Pereira)

MAROON5FotViniciusP_Z7O1671(1) 21 mar 2016 Rio final

Como sempre, o sex appeal do vocalista Adam Levine colaborou para a aglutinação da massa que foi assistir ao show do Maroon 5 no Rio, nesta noite de domingo (Foto: Vinícius Pereira)

E o restante do público? Bom, os tais 10% que são bees vão mesmo ao delírio com os trejeitos imaginando loucuras off-proscênio e, quem sabe, talvez tenham poluções com a boa pinta do líder do grupo e seus rabiscos estrategicamente espalhados pelos braços secos e sarados. E os héteros, enfim, estão ali para tomar conta das namoradas ou curtir o som dos rapazes. Não estão nem aí.

Com uma música emendada na outra, o Maroon 5 mostra no palco profissionalismo com um show redondinho. Os meninos tocam bem e Levine deixa claro que tem a manha para segurar a noite, mesmo que não haja assim, digamos, tanta interação com a massa quanto poderia, apesar de o grupo arriscar um chavão óbvio, uma versão de Garota de Ipanema.

A impressão que fica, contudo, é a que – a despeito da competência geral e de um público fácil de agradar –, o carismático Levine se acha mais azeitona na empada do que realmente é. Como um miojo bem feito que se considera um fettuccine do Alfredo di Roma. Mas tudo bem, está dando certo…

MAROON5FotViniciusP_Z7O1710 21 mar 2016 Rio final

Entre tattoos e sacolejos: um platinadíssimo Adam Levine mostrou a que veio no palco carioca do show “V”, com direto a muita pinta na noite deste domingo (Foto: Vinícius Pereira)

Um comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.