Nem só de passarela e arara vive o Minas Trend. Além das exposições no foyer – uma das marcas do agito –, dos desfiles e do salão de negócios, esta 20ª edição do evento contou com tardes de autógrafo de livros variados, provando que a dobradinha moda & literatura não se resume aos displays das livrarias chiques. Do percurso de Lilian Pacce pela moda praia brazuca que encantou o mundo (“O Biquíni Made in Brazil”, Editora Queen Books, preço médio R$ 80) ao universo todo pessoal da CEO do F*Hits, assessora de imprensa e agente de bloggers Alice Ferraz (“Moda à brasileira”, Editora Gente, preço médio R$ 40), fica clara a diversidade de temas nas publicações recentes que ainda incluem Socorro! Com que roupa eu vou?”, o guia de vestir bacanudo da gaúcha Mauren Motta que tenta decifrar os códigos de vestir na democrática era da globalização e da individualização.

Diante do backdrop com a capa do livro, Alice Ferraz mostra no Minas Trend como ser a melhor personagem de um livro sobre si mesma (Foto: Sebastião Jacinto Junior / Divulgação)

Com as digital influencers no topo da cadeia alimentar, foi natural que uma turma de wannabe bloggers viesse a prestigiar a manhã de autógrafos de Alice Ferraz no Minas Trend, todas ávidas por serem “descobertas’, como beldades à cata de um agente de modelos. Independente disso, o livro relata aspectos curiosíssimos da moda que valem a pena serem lidos (Foto: Sebastião Jacinto Junior / Divulgação)

Cover girl: artífice de muitas criaturas que se tornarem célebres no mundinho digital, Alice Ferraz mostra que entende do riscado quando o assunto é autoimagem e estrela a capa do seu próprio livro (Foto: Sebastião Jacinto Junior / Divulgação)

Se Alice Ferraz transformou o espaço de convivência do MT num badalo repleto das digital influencers cuja carreira ela comanda (mais uma fornada de meninas cujo sonho é ganhar a vida às custas de vestir a grife alheia, sonho de Cinderela moderna nowadays), Mauren preferiu o espaço mais petit comité do longe do ND, site da mineira Natália Dornellas que é coqueluche em BH. Com mais de 20 anos de carreira, a jornalista gaúcha conta ao ÁS a necessidade de atualizar esse tipo de guia: “Hoje, tudo é mais democrático. Velhas regras caíram por terra e o dress code se tornou mais amplo com as mídias digitais exercendo um papel fundamental na hora de se expor. Se vestir hoje é muito mais flexível, ainda amais considerando uma central do pós-modernismo: a individualização”.

No Minas Trend, Mauren Motta recebe o carinho das colegas jornalistas de moda: da esquerda para a direita, Adélia Lopes, a designer Meire Arantes – que está presente no livro -, Yuko Suzuki, Betty Feliz e Katia Bezerra (Foto: Alberto Wu para Ás na Manga)

Com pegada leve tipo almanaque e projeto gráfico que lembra as seções de dicas de vestir das revistas femininas, Socorro! Com que roupa eu vou?é delicinha. Numa outra direção do livro de Alice, mas igualmente gostoso (de ler e folhear), O Biquíni Made in Braziltem direção de arte de Giovanni Bianco e alcança a proposta de estabelecer um documento sobre a peça de vestuário que, mesmo surgida na França, se tornou nos últimos 40 anos uma das principais marcas do Brasil e do Rio de Janeiro. Vale cada página. A editora de moda lançou o livro na edição de outubro da São Paulo Fashion Week logo após uma noite de autógrafos na Livraria Cultura (SP). E, em seu périplo para divulgar o segmento mais brasileiro da moda, é bem-vinda cada tarde de autógrafo.

Lilian Pacce enverga um pretinho básico, mas tudo é azul no seu “O Biquíni Made in Brazil”: apesar da crise econômica que assola a moda, o beachwear brasileiro continua sendo inspiração global (Foto: Sebastião Jacinto Junior / Divulgação)

No Minas Trend, Lilian Pacce recebe a alta cúpula do Minas Trend, Luciano Araújo – presidente do Sindivest – e Olavo Machado – presidente da Fiemg (Foto: Sebastião Jacinto Junior / Divulgação)

Com projeto visual de Giovanni Bianco, “O Biquíni Made in Brazil” é colírio para quem ama a moda praia (Foto: Sebastião Jacinto Junior / Divulgação)

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.