*Por Andrey Costa

Da literatura às canções consagradas pelo grande público, Zica Bérgami (1913-2011), ganha exposição individual na Galeria Jacques Ardies, em São Paulo, na próxima terça (26/3). Para quem não associou o nome à pessoa, a mostra é super válida, pois se trata da difusão da verve artística dessa artista para as novas gerações, que talvez desconheçam ser dela a saudosa valsinha “Meu Lampião de Gás“, sucesso na voz de Inezita Barroso. Pois é, além de compor, são de Zica inúmeros trabalhos em nanquim.

A exposição será composta por 50 desenhos em nanquim sobre papel e vai apresentar trabalhos raros, coloridos e em preto e branco, para apreciação dessa mulher que se consagrou no mundo das artes com seus singelos e melancólicos traços de uma São Paulo antiga, fruto da sua memória afetiva.

“Namorados”, obra de 1999 (Foto: Divulgação)

Num desejo despretensioso de começar a pintar, Zica embarcou no mundo das artes e chegou a receber inúmeras medalhas por suas obras. Seus quadros de desenhos naif já foram expostos no Brasil – pela primeira vez em uma exposição individual em 1965 – França, Portugal, Itália, Holanda, entre outros países. Alguns deles foram exibidos na Mostra Brasil 500 anos. A exposição com curadoria de Jacques Ardies fecha o verão e se estende até abril. Partiu?

“São Francisco”, obra de 1999 (Foto: Divulgação)

Confira a valsa composta por Zica Bérgami, “Lampião de Gás” , na voz de Inezita Barroso:

Serviço

www.ardies.com

Exposição: Individual Zica Bergami

Artista: Zica Bergami

Curadoria: Jacques Ardies

Abertura: 26 de março de 2019, terça-feira, às 19h30

Período: 27 de março a 20 de abril de 2019 Local: Galeria Jacques Ardies

Rua Morgado de Mateus, 579 – Vila Mariana – São Paulo, SP

Horário: Terça a sexta-feira, das 10 às 17h30 / Sábado, das 10 às 16h

Tel.: (11) 5539-7500

Número de obras: 50

Técnica: Desenhos em nanquim sobre papel

Preços: Sob consulta

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.