Como de hábito, o Bar D’Hotel deu aquela renovada básica no cardápio para se enquadrar na estação fria, o que, no caso do Rio 40º atual beirando os 10º, é fato. A dupla composta pela chef Lydia Gonzalez e o mixólogo Tai Barbin continua investindo na culinária inspirada pela cozinha regionalista brazuca com toques cosmopolitas e pegada oriental, uma paixão dos dois. E, aproveitando esse dia dos namorados friorento, vale comemorar a data saboreando delicinhas que podem embalar paixões do Oaipoque ao Chuí, de Vladivostok a Zanzibar.

lydia gonzlez e tai barbin final

Lydia Gonzalez e Tai Barbin: chef e mixologista hoje à frente da gastronomia do Bar D’Hotel apostam numa nova fornada de criações endiabradas para este inverno carioca. Mais do que nunca, o mix entre exotismo, brasilidade e sabores picantes são a tônica para uma temporada fria povoada por memórias afetivas da comida de uma vovó que rodou o mundo (Foto: Reprodução)

Nesta temporada, a brasilidade gritou mais do que nunca nos ingredientes interioranos. “O menu está do jeitinho que eu queria. Com sabores bem marcados da nossa gastronomia e elementos como carne seca, feijão de corda, castanha de baru, linguiça mineira e rapadura”, declara Lydia, com aqueles olhinhos cheios de brilho de quem ama o que faz, coisa que pode ser percebida por quem não mira apenas nos lenços e turbantes coloridos da morena. “Mais uma vez, busco reforçar a cultura nacional através de uma viagem pelos sabores e raízes dos mais diversos cantos do país”, completa, cheia de teorias validíssimas.

inv16 Bar D'Hôtel_Arroz de pato_foto Rodrigo Azevedo (2) (1) final

Bar D’Hotel: arroz de pato com linguiça mineira, castanha de baru caramelada e brotos orgânicos é opção para quem quer saborear ingredientes brasileiros, mas não aguenta mais o lugar comum (Foto: Rodrigo Azevedo / Divulgação)

Obviamente essa afetividade contida no trabalho da moça, amplificada por memórias gastronômicas, é o que torna a conferida do novo menu para lá de especial, mais até do que o apreço pela mélange de sabores da qual Lydia é bamba. Daí, o programão ser certeiro para os amantes do bom garfo tanto no dia dos namorados quanto ao longo do inverno. Afinal, amar é viver e de preferência comer, sem duplo sentido.

Mas, para quem não se rende ao amor, somente ao calor da paixão, ÁS vai logo avisando: Lydia anda com o cramulhão no corpo, entre lulas e camarões tem escorregado no jiló e suas diabruras nas caçarolas estão mais evidentes do que nunca. Já na entrada, o creme com aspargos salteados no queijo de cabra e crocante de carne seca é do tipo que já amacia ele ou ela para aquela noite de amor que virá em seguida, seja na volúpia ou na conchinha sob o edredon. O comensal pode escolher que tipo de noitada vai preferir, mas não vai resistir à entradinha.

inv16 Bar D'Hotel_Camarão na moranga_crédito Rodrigo Azevedo (4) (1) final

Camarão na moranga: a tradicional misturinha brazuca do crustáceo com abóbora ganha repaginação no Bar D’Hotel, by Lydia Gonzalez (Foto: Rodrigo Azevedo / Divulgação)

Já a saladinha de lascas de bacalhau confitadas com feijão de corda acidulado, tapenade e ervas frescas é dos deuses do amor, daquela que faria Afrodite rodopiar numa dança sensual fantasiada de Messalina. Mas, ÁS não recusaria nem sob os efeitos alcoólicos do drinques de Tai o steak tartare que leva salada ao creme de provolone, gema de ovo de codorna e tostones cubanos de banana da terra com curry. De dançar mambo nu com maraca na mão.

No pato principal, ÁS se encantou com o arroz de pato com pequenos pedaços de linguiça mineira, prato que leva brotos orgânicos e castanhas de baru carameladas. E, na sobremesa, a torta de chocolates e cupuaçu, sem trigo, com chocolate orgânico brasileiro 85%, crumble de cacau em pó 100%, ganache de chocolate 50% e sorvete de cupuaçu, nibs de cacau e cupulate (doce feito a partir do caroço de cupuaçu muito semelhante ao chocolate), adocica seu amor perfeito para aquele programa duplo temperado na volúpia. Como não amar?

inv16 Bar D'Hotel_chocolates e cupuaçu_Rodrigo Azevedo (4) (1) final

Amargo com azedinho na medida certa: No Bar D’Hotel, a torta de chocolate com sorvete de cupuaçu é destaque (Foto: Rodrigo Azevedo / Divulgação)

Mas falar de uma ida ao Bar D’Hotel sem citar os drinques seria o mesmo que visitar o Vaticano e não mencionar o papa, mesmo que esse sequer desse tchauzinho na sacada. Os pratos de Lydia ganham corpo com as bebidinhas preparadas pelo rapaz, que deve ter aprendido a seduzir não somente pelas suas andanças ao redor do mundo, mas, como um alquimista do demo, oferecendo suas misturas irresistíveis às incautas, como um Casanova dos copos frequentando um lupanar.

A nova carta de Tai Barbin oferece misturas com uísque, gim, rum e até absinto óbvio. “O Brasil é múltiplo de origens e é o que pretendi com os drinques da nova carta. Todos são oriundos das minhas vivências em viagens”, revela, enquanto prepara gostosuras com aquele ar de Flamel, transformando o ato de degustar em uma experiência de alquimista. Entre as mais de 15 perdições,  o sutil e elegante “sensei” – com gim Tanqueray, rum cubano Havana 3 anos, vermouth bianco, néctar de maçã, absinto, citros e xarope artesanal de baunilha com wasabi – prepara a cara metade para aquele momento mais tarde, quando o álcool vai evaporar pela pele, via suadouro, sem que se dê conta. Dois ou três deles já garantem o posterior estica afrodisíaco.

inv16 Bar D'Hôtel_Sensei_crédito Rodrigo Azevedo (1) (1) final

Sensei sensorial: à primeira vista, o novo drinque criado por Tai Barbin para o Bar d’Hotel parece um pouquinho ácido demais. Mas, a cada gole e combinado com as gostosuras de Lydia Gonzelez, tudo acaba fazendo sentido (Foto: Rodrigo Azevedo / Divulgação)

Já o ousado o “red velvet” aposta no colorido da paixão e investe na agradável mistura Bourbon com infusão de beterraba, além de vermute italiano tinto, absinto, chá de hibisco, redução de cramberry e bitters artesanal de chocolate.

Mas aquele que ÁS mais amou é o Amante da Meia Noite, com Gim Tanqueray, licor de sabugueiro St Germain, néctar de pêssego, Angostura bitters aromáticas e limão siciliano. Se, depois de  ingeri-lo, o cliente chamar urubu de “vem cá, meu louro”, foi por sua própria vontade e risco. Mas, cá entre nós, que risco!

inv16 Bar D'Hotel_Amante da Meia Noite_Crédito Rodrigo Azevedo (1) (1) final

Amante da Meia Noite: outra das novas misturinhas alquímicas de Tai Barbin para o Bar D’Hotel, a bebida mistura toques exóticos com temperinhos adocicados e álcool rascante, naquele medida que o mixologista ama. Vale a saída! (Foto: Rodrigo Azevedo / Divulgação)

inv16 Bar D'Hôtel_spice me up_crédito Rodrigo Azevedo (3) (1) final

Belo, refrescante e da noite: O Spice Me Up leva hortelã, gim Tanqueray, licor de sabugueiro St Germain e pepino (Foto: Rodrigo Azevedo / Divulgação)

Serviço:

Menu:

Couvert

– Manteiga de castanha de caju, mel de amburana, creme de canastra e seleção de pães (R$ 26)

Entradas

– Creme de aspargos com carne seca (R$ 46): creme de aspargos, aspargos salteados no queijo de cabra fresco e crocante de carne seca

– Camarões e lulas crocantes com sotaque da Bahia (R$ 44) – camarões e lulas em crocante de castanha de caju com molho nagô e molho de moqueca

– Steak tartare com tostones (R$ 48) – steak tartare com salada ao creme de provolone, gema de ovo de codorna e tostones cubanos de banana da terra com curry

Saladas

– Salada de bacalhau (R$ 46) – salada de lascas de bacalhau confitada com feijão de corda acidulado, ervas frescas e tapenade

– Salada de Romeu e Julieta (R$ 38) – salada de folhas com vinagrete de gergelim, mil folhas de bousin de cabra e goiabada defumada

– Salada de carne de sol (R$ 40) – salada de folhas com rosbife de carne de sol, mini vegetais, castanha do Pará e molho de mostarda com mel de engenho

Principais

– Spaguetti Caccio e Pepe (R$ 62) – espaguete al uovo com queijo Tulha, pimenta do reino e aroeiras moídas

– Capelinni com Botarga (R$ 72) – capeline em azeite de alho com raspas de botarga e aneto

– Arroz de pato (R$ 72) – arroz de pato com linguiça mineira, castanha de baru caramelada e brotos orgânicos

– Moqueca D’Hôtel (R$ 80) – peixe branco com leve molho de moqueca, arroz branco, tartare de caju e farinha d’água com aviú

– Camarão com moranga (R$ 86) – camarões refogados com purê de abóbora e requeijão de rapa, sementes de abóbora e abóbora tostada com melado

– Cordeiro café e rapadura (R$ 98) – cordeiro grelhado com angu de milho fresco defumado e jus de cordeiro com café e rapadura

Sobremesa

– Chocolates e cupuaçu (R$ 30) – torta sem trigo de chocolate orgânico brasileiro 85%, crumble de cacau orgânico em pó 100%, ganache de chocolate 50% e sorvete de cupuaçu, nibs de cacau e chocolate de cupuaçu

– Quindim de cítricos da terra (R$ 30) – quindim de limão cravo com sorvete de gengibre e tangerina, lâminas de coco e um toque de especiarias

– Doces da fazenda (R$ 26) – várias versões combinadas dos clássicos de fazenda. Chuvisco, goiabada cascão, doce de leite, doce de mamão, abóbora com coco, queijo Tulha, requeijão de rapa, queijo minas frescal, queijo Canastra

Drinques

– Bitter Affair (R$ 34) – Bitter aperitivo italiano, cognac, limão siciliano e bitters de laranja

– Public Enemy #1 (R$ 34) – Bourbon Whisky, hortelã, limão Taiti e Angostura bitters aromáticas

– Sensei (R$ 29) – Gim Tanqueray, rum cubano Havana 3 anos, vermouth bianco, néctar de maçã, absinto, citros e xarope artesanal de baunilha com wasabi

– Amante da Meia Noite (R$ 29) – Gim Tanqueray, licor de sabugueiro St Germain, néctar de pêssego, Angostura bitters aromáticas e limão siciliano

– Viúva Cubana (R$ 29) – Rum envelhecido, licor de laranja, amora, citros, bitters de laranja, hibiscos e espumante

– Spicy Me Up (R$ 29) – Hortelã, gim Tanqueray, licor de sabugueiro St Germain e pepino

– Red Velvet (R$ 44) – Maker’s Mark Bourbon com infusão de beterraba, vermouth italiano, absinto, chá de hibiscos, redução de cranberry, britters artesanal de chocolate

– O Pensador (R$ 34) – Rum envelhecido, vermouth italiano tinto, licor de ervas e bitters artesanal de charuto com cacau

– Madame Carioca (R$ 29) – Cachaça Leblon ou vodka Ketel One, pomelo, gengibre e limão siciliano com uma espuma de mel

– Fuego (R$ 29) – Tequila, licor de laranja, manjericão, citros, tabasco e cerveja

– Captain Jack Sparrow (R$ 29) – Rum dourado e rum envelhecido, citros, xarope de baunilha, Tiki bitters e bitters Angostura aromática, abacaxi e maracujá

– Half Moon (R$ 44) – Bourbon, Green Chartreuse e Sweet Vermouth

– Old Fashioned (R$ 34) – Cachaça Leblon Signature Merlet, tintura de amburana, mel e Angostura Bitters aromáticas e defumado com madeiras brasileiras: Amburana – notas de canela, baunilha e castanha ou Balsamo – notas herbais, erva doce e anis

– New York Sour (R$ 34) – Bourbon Whisky, limão siciliano e vinho tinto

– Tuxedo No2 (R$ 34) – Gin Tanqueray, dry vermouth, licor de cereja maraschino, bitters de laranja e absinto

– Aviation (R$ 29) – Gim, licor de cereja marrasquino, limão siciliano e violeta.

– Daiquiri (R$ 29) – Rum Bacardi 8 anos com infusão de casca de abacaxi, limão siciliano, xarope de rapadura, Angostura bitters aromáticas, bitters artesanal de banana e abacaxi

– Black Negroni Trufado (R$ 34) – Gim Tanqueray com infusão de laranja, Sweet Vermouth, Campari com infusão de alecrim e pimenta do reino, tintura de lula e óleo de trufas negras

– Bloody Mary (R$ 29) – Bourbon whisky fusionado com tomate seco e chilli, suco de tomate, limão siciliano, spicy mix e tintura de BBQ e fumaça. (Também disponível com Grey Goose Vodka)

– Southside (R$ 29) – Gim, hortelã, limão Taiti e Angostura bitters aromáticas

– El President (R$ 19) – Rum branco, licor de laranja, vermouth seco, bitters de laranja e óleos essenciais de cítricos

– Vieux Carre – Barrel Aged (R$ 44) – Bourbon, cognac, sweet Vermouth, licor de ervas, bitters de chocolate e Angostura, óleos essenciais de laranja

– Expresso Martini (R$ 34) – Rum, licor de café, calda de maple e café expresso (Também disponível com Ciroc Vodka)

Bar D’Hotel – Avenida Delfim Moreira, 696. Tel.: 2172-1112 (70 lugares).

Horário: De segunda a domingo, de 12h a 1h.

Café da manhã: De segunda a sexta das 7h às 10h30; sábado e domingo das 7h às 11h. 

C.c: todos. C.d.: todos.

http://www.marinaallsuites.com.br/allsuites/portugues/bar-hotel.asp 

www.instagram.com/bardhotel/

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.