Não é de hoje que as artes promovem intercâmbios, mesmo que não intencionais. O desfile inaugural da 21ª edição do Minas Trend (leia mais aqui), que apresentou nesta segunda-feira (2/10) os vermelho do próximo inverno sob a ótica da sacralidade, em muito se parecem com o espírito do fashion show clerical de um dos maiores clássicos cinematográficos de Federico Fellini: Roma“, o irreverente longa-metragem italiano de 1972, no qual o diretor atravessa a religiosidade do seu povo com aspectos da vida mundana, agora elevados à condição de ritos da vida moderna.

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Marcelo Soubhia / FOTOSITE / Divulgação)

No nada angelical, mas cínico desfile de moda religiosa de “Roma de Fellini”, padres top models dão pinta com carões, paradinhas em tableau vivant e pivôs alinhadíssimos com a catwalk da época, numa irônica crítica à vida profana vertida no litúrgico espetáculo da modernidade (Foto: Reprodução)

Nada muito diferente dos tempos atuais, quando o lifestyle cotidiano elevado à santa sacralidade do espetáculo se faz presente através das sensações. Na abertura da 21ª edição do Minas Trend, nesta noite de segunda-feira (2/10), o stylist Paulo Martinez divertiu a plateia fashionista com imagens sacras transformadas em profanas e representações transgressoras – como casais gays femininos – devotadas aos códigos do comportamento midiático (Foto : Marcelo Soubhia / FOTOSITE / Divulgação)

Desfile de looks clericais de “Roma”: clássico de Federico Fellinitem como um dos pontos altos o fashion show de roupas eclesiásticas que instiga com as significações da moda nos tempos atuais. As freiras com cabeças avantajadas poderiam fazer rodopiar de inveja a noviça voadora interpretada por Sally Field, na série cômico-televisiva dos anos 1960 (Foto : Reprodução)

No bloco final do desfile episcopal de “Roma de Fellini”, o figurinista Danilo Donati caprichou no visual “Paulo Barros” com modelitos carnavalescos com direito a muito brilho, paetês, luzes pisca-pisca, aplicações cintilantes e plaquinhas de vidro que, senão fossem apenas alegorias, tornariam o alto clero digno de frequentar os badalos do Studio 54,  templo novaiorquino da mundana Era Disco que surgiria poucos anos depois (Foto : Reprodução)

Em “Roma de Fellini”, um cardeal com jeitão de mafioso é a “celebridade máxima” da front row no jogo de associações que mescla religiosidade profanada e o aspecto sagrado da moda (Foto: Reprodução)

Confira abaixo o trecho do desfile de looks clericais de “Roma”, de Federico Fellini (Reprodução):

Confira abaixo algumas construções de beleza criadas por Ricardo dos Anjos para o desfile de abertura da 21ª edição do Minas Trend: da Virgem Maria à Nossa Senhora da Aparecida, o barroco mineiro comparece na passarela trazendo ainda representações mundanas da corte do século 18 e até criaturas com golas matelassadas que evocam o manteau rouge de Tarsila do Amaral (leia mais aqui):  

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Sergio Caddah / FOTOSITE / Divulgação)

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Sergio Caddah / FOTOSITE / Divulgação)

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Sergio Caddah / FOTOSITE / Divulgação)

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Sergio Caddah / FOTOSITE / Divulgação)

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Sergio Caddah / FOTOSITE / Divulgação)

Abertura da 21ª edição do Minas Trend – inverno 18 (Foto : Sergio Caddah / FOTOSITE / Divulgação)

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.