*Por Guilherme Junqueira Foti

Inventado pelos franceses, e expandido pelos ingleses, o piquenique ganhou o mundo através de imagens tanto bucólicas quanto sofisticadas, do tipo que celebra com o devido lifestyle a chegada da primavera.Entre tentadoras guloseimas estendidas sobre toalhas charmosas no gramado de cenários lúdicos, não há quem não curta um bom convescote, o nome mais nobre dessa tão deliciosa atividade. De olho em um novo, crescente e atraente nicho, alguns elegantes hotéis da Europa andam oferecendo esse programa aos seus hóspedes, criando uma forma criativa e diferente de se desfrutar das cidades e seus pontos turísticos, tradicionais ou não. Antiga no mercado, a Interpoint Viagens e Turismo criou uma lista com cinco piqueniques memoráveis para se desfrutar nos mais belos recantos do verão europeu. Confira!

Para celebrar o sol: um belo convescote à moda européia, com a louça exposta na toalha que virou marca de lifestyle, com o passar das décadas (Foto: Divulgação)

Para brincar de nobre britânico: a Amazon vende a típica cestinha funcional com a louça no estilo Windsor incluída (Foto: Divulgação)

É em Alentejo, Portugal, que fica o delicioso São Lourenço do Barrocal, misto de hotel-boutique com casa de campo chique, onde os hóspedes podem desfrutar de um bucólico piquenique à margem de um lago, com sombreiros como refúgio para o forte sol do verão, em um cenário perfeito para reunir amigos, família ou casais.
O hotel prepara uma refeição leve, composta por ingredientes frescos e sazonais, com os melhores produtos da região; entre pães, queijos, geleias, doces e frios, um bom vinho de sua própria adega completa a comilança.

Piquenique com levada retrô: o Hotel São Lourenço do Barrocal, em Alentejo, Portugal (Foto: Reprodução / Divulgação)

Ainda em terras lusitanas, fica o Farol Design Hotel, literalmente em cima do Atlântico, fincado nas imponentes falésias de Cascais e tendo o oceano a seus pés. O hotel reflete o charme singular de uma das mais cosmopolitas cidades de Portugal. Membro da prestigiada cadeia Design Hotels, o hotel resulta da fusão harmoniosa e eclética de uma mansão restaurada do século XIX, com peças exclusivas de mobiliário design e obras de arte contemporânea. É neste entorno que se desenrola um charmoso piquenique, com cesto de iguarias pensado para dois, com champanhe e gourmandises portuguesas. O ápice do evento acontece em elegantes limusines, com direito até a serviço de mordomo, tipo “Downton Abbey”, mas como sotaque de “ora, pois pois”. 

Piquenique com jeito de resort: o Farol Design Hotel, em Cascais, Portugal (Foto: Reprodução / Divulgação)

Literalmente sob o sol da Toscana, entre Florença e Siena, na Itália, está o imponente Castello Del Nero. O hotel oferece uma experiência única de piquenique dentro de sua imensa e fabulosa propriedade, com videiras e oliveiras ornando diversos e inusitados espaços. Produtos tipicamente toscanos – como pães, queijos, embutidos, azeitonas, tortas, compotas, vinhos e espumantes (uau!) –, podem ser incluídos e dispostos em belíssimas cestas, com todos os acessórios necessários. De acordo com as preferências do hóspede, o cardápio é montado pelo chef Giovanni Luca di Pierro, comandante do restaurante La Torre, estrelado pelo Guia Michelin.

Piquenique com um que renascentista: o Hotel Castello del Nero, sob o sol da Toscana, na Itália (Foto: Reprodução / Divulgação)

Ainda na bota do mapa mundi, esplêndido Grand Hotel Tremezzo fica na celebrada região do Lago de Como, oferecendo locações cinematográficas dignas de filme de Visconti. Obviamente, é cenário para espetaculares piqueniques, com a vista panorâmica para as plácidas águas que deram o nome ao local. Opção não falta: o programa pode acontecer durante um tour pelo lago, em limusines aquáticas vintage – uma coisa meio James Bond do Roger Moore, confesso! -, na belíssima Villa Sola Cabiati, construída no século XVIII; em pequenas ilhotas, como a Isola Comacina,; ou ainda em trilhas e caminhadas pelas montanhas.

Entre os quitutes providenciados pela cozinha do hotel, as melhores seleções de saladinhas, sanduíches gourmet, pastas e risotos, frutas, bolos, pâtisserie, vinhos e champanhe, claro, que ninguém é de ferro. Não à toa, o agito foi batizado de “Chic Nic” pelo hotel.

Piquenique bem-nascido: usado como locação para o oscarizado “O Grande Hotel Budapeste”, de Wes Anderson, o Grand Hotel Tremezzo, no Lago de Como, transporta para o passado o comensal que participa dos rega-bofes ao relento oferecidos pelo espaço (Foto: Reprodução / Divulgação)

Os piqueniques encenados na série de TV “Downton Abbey”, da HBO, se tornaram o exemplo mais recente do quanto os sofisticados, mas naturais, hábitos da Inglaterra eduardina se tornaram uma poderosa marca,  quando se trava de evocar o dolce far niente do passado relativamente recente. O Grande Hotel Tremezzo procura oferecer ao hóspede esse tipo de experiência sensorial (Foto: Divulgação)

Para terminar, na iluminada Paris é possível degustar pratos de uma cozinha estrelada, desfrutando aqueles dias ensolarados à beira do Sena, ou à sombra de uma árvore nos parques da cidade, graças à iniciativa do Le Burgundy, hotel que entrega em toda a capital  um piquenique gastronômico para ser apreciar a dois, em clima misto de liberdade e volúpia. Referência dos amantes da beleza e do bom gosto, cravado no coração da região mais luxuosa de Paris, o hotel conta com requintado restaurante, cujo chef Guillaume Goupil e seu Chef Pâtissier Pascal Hainigu se encarregam do inventivo cardápio, cheio de boas surpresas, em um colorido, florido e festivo piquenique. Entre as iguarias, melão com infusão de verbena, tartare de pargo, frango caipira em wraps, e até a célebre sobremesa Baba au Rhum. Traduzindo: é lúdico, mas depois é preciso jejuar para voltar à boa forma…

Piquenique clássico: o Hotel Le Burgundy, no coração de Paris, na França (Foto: Reprodução / Divulgação)

Em “Ladrão de casaca”, Grace Kelly e Cary Grant se entregam a um piquenique tendo a Riviera Francesa ao fundo. No longa, o diretor britânico Alfred Hitchcock brinca com a falta de classe dos norte-americanos diante do lifestyle europeu, ao por os dois ícones da elegância hollywoodiana dos fifties trucidando um franguinho à beira da estrada (Foto: Reprodução)

França, Portugal e Itália, três países com uma gastronomia única e singular, três destinos com cinco opções para as mais diversas experiências culturais… Quem disse que um simples piquenique não pode ser o ponto alto de uma viagem?

Serviço:

Interpoint Viagens e Turismo

Tel: (11) 3087-9400

www.interpoint.com.br

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.