* Por Lucas Montedonio

Fantasias sexuais são o que há. E agora vão ganhar um belo estímulo com a nova coleção de acessórios e toys da brasileiríssima Loungerie, capaz de ser incorporada pela butique sadô de Christian Grey disfarçada de playground para seduzir mocinhas com alcunhas fetichistas como Anastasia Steele.

Comemorando oito anos de grife e tendo a valorização & bem-estar da mulher como ponto central, as novas peças da linha ‘Fetiche Noir’ foram concebidas para explorar a sensualidade de forma divertida e elegante, se precisar chegar às bizarrices promulgadas por Donatien Alphonse François, você sabe (ou deveria saber, tolinha!) de quem se trata. Ou seja, é soft fetish, mais para o smooth operator da cantora Sade que para o heavy porn do Marquês de Sade, amor.

Encarnação cinematográfica do galã Christian Grey de “Cinquenta tons de cinza”, Jamie Dornan revela ao público seu torso twink no cenário da light masmorra em capitonê vermelho, tipo inferninho buticalizado. O sucesso da série literária soft pornô e da sua transposição para a telona anda inspirando grifes de lingerie, como a Loungerie, a oferecerem produtos endiabrados que antes só poderiam ser encontrados em sex shops. É a “sacanagem mainstream”, saída do bafão direto para o shopping! (Foto: Reprodução)

Além das lingeries ousadas como um beijinho na virilha, as novidades são máscaras adesivas para os seios – nipple pads –e vibradores, com exclusividade no Brasil, todos da americaníssima Bijoux Indiscrets.  Faz sentido: um povo que elege Trump necessariamente é sádico…

Nipple pad Flash Heart Gold – R$99,90 (Foto: Divulgação)

Dignos de Madonna, os charmosíssimos adesivos para o seio são capazes de deixar o corpo feminino emulando um abajur de boudoir-bafo, comparecendo em diversos formatos, como coraçõezinhos purpurinados ou na forma de “X” (nada  a ver com Xuxa, tá?), ótimos para as amantes cuja poderosa cruzada de Sharon Stone (veja Instinto Selvagem para lembrar, gata) pode definir o “x da questão” na manutenção de uma aventura sexual. Bora, amore?

Nipple pad Flash Cross Black – R$99,90 (Foto: Divulgação)

Mas não é só isso: vibradores com design inovador, como o de um imponente formato de diamante, despertam ainda mais a estimulação do eros. E, para as mais recatadas (ou apenas lolitas), a Loungerie apresenta uma versão mais discretinha, em formato bullet, perfeitinha para ser malocada na bolsa e até podendo ser confundida com uma balinha de chupar. Que tiro, meu bem!

Vibrador Diamante – R$599.90 (Foto: Divulgação)

Vibrador bullet – R$149,90 (Foto: Divulgação)

Por fim, a Loungerie ainda traz uma linha de cosméticos sensuais para aqueles momentos intimíssimos nos quais não se pode estar vencida: géis aromatizados que proporcionam sensação de aquecimento ou frescor, além óleos corporais para massagens em essências de amora ou pêssego. Lembram até a famosa frase de Carmen Miranda, imortalizada na biografia escrita por Ruy Castro, quando a estrela foi apresentada ao nobre egípcio baixinho Ali Khan, barrigudo e careca: “Se isso aí é um príncipe, meu c@*! é um pêssego da Califórnia…”

Cosméticos sensuais Sophie (Foto: Carol Giro / Divulgação)

Já as máscaras adesivas com desenho de renda deixam qualquer olhar ainda mais misterioso e sexy, aproximando a consumidora de uma lasciva odalisca. Ideal para compor com um sutiã envolvente e luvas em renda…

Para impressionar na vibe de “De olhos bem fechados“, de Kubrick, ou no pornô de mulherzinha “Cinquenta tons de cinza”, a máscara adesiva Anna – R$139,90 (Foto: Divulgação)

Todas as novidades já estão disponíveis em todas as lojas da Loungerie e em seu e-commerce próprio com entrega para todo o Brasil.

www.loungerie.com.br

* Nascido na cidade imperial de Petrópolis, o pianista amador ganhou o mundo ainda adolescente quando fez intercâmbio nos Estados Unidos. Nessa época sua terceira visão despertou e o moço se entregou ao budismo tibetano. Pura estratégia para dominar a vaidade interior. Estudou comissaria de bordo, mas preferiu o jornalismo e, hoje, entre retiros espirituais com rinpoches, encontros com lamas e entrevistas espevitadas, o sagitariano usa sua vocação para o tietismo como contraponto à eterna busca do santo nirvana.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.