É tipo Paganini: o compositor clássico italiano, que ficou conhecido por perseguir em parte de sua obra variações de um mesmo tema, de certa forma anda inspirando a turma do delicioso Seu Vidal – mix de food truck com porn food house situada no coração do Lido – a gastar a mufa em elucubrações bacanudas que versam acerca da massa de pão de queijo. Chegados aos prazeres da carne, eles acabam de lançar mais novidades criadas com a dita cuja, após a bem sucedida experiência da pizza com a tal massa. Em tempos de pós-Semana Santa, quando todos se acabaram no chocolate, outros pecados capitais desse tipo, bem salgadinhos, valem a vida e, enquanto não chega o Corpus Christi, que se estabeleça o corpus desideratu, “aquilo que se deseja” em latim!

Entre pizzas, cachorros quentes, hambúrgueres e até coxinhas de massa de pão de queijo, a orgia gastrô do Seu Vidal parece plano do demo para fragilizar beatos, mas é coisa dos deuses! (Foto: Yulli Nakamura / Divulgação)

Eis que agora surgem no cardápio coxinhas de galinha (só na forma, mas muito melhores já que a maçaroca típica foi substituída pelo pão de queijo) com recheio nas opções de frango com catupiry, carne seca com queijo coalho ou linguiça com catupiry. Parece levinhas (bem mais que as coxinhas de verdade), mas não se iluda com o papo de pastor: é pecado capital capaz de levar qualquer Madre Teresa à ruína, mas irresistível! Todas os sabores são bárbaros, mas como a linguicinha da casa nada deve a outra aperitivo que é standard no Braseiro do Baixo Gávea (um hit!), ÁS recomenda a última sugestão, embora a de carne seca também seja matadora…

Coxinhas de galinha? Nada disso, amor! A massa é de pão de queijo e é novidade no Seu Vidal!(Foto: Yulli Nakamura / Divulgação)

A santíssima trindade (pai, filho e espírito santo da esbórnia gastrô, ou seja, uma de cada sabor) é vendida a R$ 20. Mas, quem resistir a esse pecadilho pode consumir uma única hóstia, digo unidade, a módicos R$ 8.

E, como as pizzas com essa massa continuam fazendo sucesso entre fiéis e pagãos que frequentam a liturgia junkie food da casa, Seu Vidal lança novos sabores: linguiça de cordeiro, minas padrão, marguerita e mix de cogumelos, com os preços variando entre R$ 22 e R$ 28.

Pizza de marguerita no Seu Vidal: o crocante ímpar da massa de pão de queijo torradinha contrasta com a maciez dos tomates assados (Foto: Yulli Nakamura / Divulgação)

Como ÁS se entrega sistematicamente aos prazeres da carne, a sugestão mundana maior vai para a pizza com cobertura de linguiça de cordeiro, para causar de vez excomunhão. Porém, quem pretende continuar frequentando o culto da boa forma, deve cair de boca na marguerita, pois é uma delícia e o sentimento de culpa, tolerável.

Entretanto, se já é dificílimo resistir a uma pizza dessas, imagine a um hambúrguer nascido e criado no pão de queijo, capaz de causar uma guerra santa entre a gula e o desejo de não engordar? Bom, lamento informar, mas é pouco provável que nessa jihad a lógica não seja derrotada pelos prazeres, amor…

Pão de queijo com linguiça do Seu Vidal: novidade lançada meses atrás rendeu frutos. Agora, hambúrgueres com a mesma massa podem ser degustados na porn food house mais descolada da Zona Sul carioca (Foto: Tomás Rangel / Divulgação)

Serviço:

Seu Vidal 

Rua Ronald Carvalho, n°275/loja A, Copacabana.

Tel: (21) 3439 – 7719.

De terça à domingo, de 12h às 22h. Capacidade: 30 lugares.

CC: Visa, Master e American Express. Cd: Visa e Master.

www.seuvidalsanduicheria.com.br

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.